Como matricular ou inscrever seu filho em uma escola pública na Itália

Ciao!

     As escolas públicas na Itália tem o ensino de qualidade. Os pais que optam por matricular os filhos nas escolas privadas são geralmente aqueles que os filhos tem alguma necessidade especial ou porque o filho ainda não tem idade obrigatória para estudar e não havia vaga nas escolas públicas.

     Existem 2 formas de inscrever a criança na escola:

  1. Online, através do site do Ministério da Educação (Ministero dell’Istruzione) para crianças a partir de 6 anos. Veja aqui o passo a passo.
  2. Diretamente na escola entregando pessoalmente o formulário (Domanda) preenchido
 
     O registro para inscrições on-line só podem ser realizadas na última semana de dezembro para os pais que tenham uma  identidade digital SPID (Sistema Público de Identidade Digital) e a partir da segunda semana de janeiro o resgitro fica disponível para aqueles que não tenham a SPID.
     Você precisa fazer o registro primeiro para poder fazer a inscrição que fica disponível a partir da segunda semana de janeiro também, depois de fazer o registro e obter as credenciais, poderá fazer a inscrição para as primeiras turmas. O site fica disponível para as inscrições até o último dia 31 de janeiro.
 
     Caso já tenha encerrado o período de inscrição, você pode imprimir o formulário (domanda) para preencher e levar na secretaria da escola ou se preferir, pode ir diretamente na secretaria da escola e solicitar o formulário na própria escola.
     As escolas disponibilizam dias específicos para os pais que estiverem com dificuldades e dúvidas para realizar a inscrição através do site.

 

Crianças a partir de 6 anos de idade tem o direito e dever de estudar
 
     Se a criança tiver mais de 6 anos (idade obrigatória para estar matriculado no sistema de ensino italiano) a escola é obrigada a matricular a criança se houver vaga, se não houver vaga na escola que você escolheu a secretaria encaminha para outra escola da cidade.
 
     Caso a criança ainda não tenha a idade obrigatória para estudar e não tenha vaga nas escolas da sua cidade, você pode tentar matricula-la em outa cidade próxima a sua casa.
 
     Todas as crianças estrangeiras, em idade escolar obrigatória, que moram na Itália, têm o direito e dever de estudar nas escolas públicas conforme o Decreto Legislativo n. 286 de 25.7.1998
 
     A secretaria da escola solicita a cópia de um documento de identificação da criança, que pode ser o passaporte, e a caderneta de vacinação atualizada com todas as vacinas obrigatórias e traduzidas que pode ser solicitado na ASL (Sistema de saúde público da Itália).

     Veja como a Paula do canal Mãe brasileira na Itália fez a matrícula do filho dela fora do período de inscrição no vídeo abaixo.

 
 
Veja também 
 

Se você ainda não tem nosso Guia rápido da Cidadania Italiana clique no link abaixo:

Guia Rápido da Cidadania Italiana

Arrivederci !
 
 

8 comments to “Como matricular ou inscrever seu filho em uma escola pública na Itália”

You can leave a reply or Trackback this post.

  1. Rafaela - Novembro 26, 2018 at 13:43 Reply

    Oi boa noite meu filho de 8anos está morando com os avós dele na Itália ele está na3ano do ensino fundamental ainda consigo matricula ele ainda ele este ano na escola, que documentos preciso.obg

  2. Natale Barbato - Novembro 9, 2018 at 07:44 Reply

    Bom dia, vou para Italia em agosto 2019 com meu filho de 6 anos, somos cidadãos italiano , assim que pegarmos nossa identidade podemos tentar a inscrição na escola para ele iniciar em setembro ou terei de esperar até as inscrições para 2020/2021?

  3. Priscilla - Outubro 23, 2018 at 07:16 Reply

    Olá, muito bom o artigo. Minha duvida é: Vamos em Maio para a Italia, pretendemos ficar 6 meses inicialmente. Aproveitaremos a licença do meu esposo para fazermos um test-driver. Minha ideia é não matricular minhas filhas aqui no Brasil na escola e coloca-las diariamente para fazerem aulas de italiano e inglês. Iriamos em Abril. Será que posso fazer isso sem problemas aqui no Brasil? las perderiam um ano letivo, mas sim voltariam falando inglês e italiano, pois nos 6 meses de Italia elas tb iriam estudar italiano e inglês. Obrigada

  4. Italinanza - Fevereiro 18, 2019 at 18:32 Reply

    Parabéns pela iniciativa de compartilhar sua experiência no seu blog. Obrigado pelo comentário e referência ao nosso site no seu artigo.

Deixe seu Comentário ou Pergunta: