Tudo sobre a Conversão da Carteira de Motorista na Itália

Ciao!

Em 13 de janeiro de 2018 passou a valer o Acordo Bilateral, entre Itália e Brasil, para reconhecimento recíproco de carteiras de habilitação. Ou melhor, para a conversão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Brasileira pela Patente di Guida Italiana e vice-versa.

Este tratado permitirá que cidadãos dos dois países convertam suas cartas de motorista, de carros e motos, sem necessidade de se submeter a exames teóricos e/ou práticos.

O acordo valerá apenas para carros e motos (categorias A e B – para as demais continuará sendo necessário realizar exames teóricos e/ou práticos);

A conversão não é autorizada para casos particulares – condutores que usam próteses e possuem carros adaptados;

Poderão ser aplicadas restrições e sanções, com referência à data de emissão da carta de origem;

O brasileiro residente na Itália poderá solicitar a conversão da sua CNH para a Patente di Guida Italiana antes de completar quatro anos de residência;

 

 

O pedido de conversão deverá ser realizado junto ao Ufficio Motorizzazione Civile da cidade em que reside.

  • pedido para emissão de carta de motorista modelo TT2112 disponível:
  • taxa de 10,20 € na conta corrente 9001
    boleto impresso em distribuição nas Uffici Postali (agências de correios) e no Ufficio Motorizzazione Civile.
  • taxa de € 32,00 na conta corrente 4028
    boleto impresso em distribuição nas Uffici Postali (agências de correios) e no Ufficio Motorizzazione Civile.
  • se a carta expirar, tiver expirado a validade ou não tiver prazo de validade ou possua uma validade que exceda as disposições da regulamentação: taxa de atestado médico de 16,00 € com foto, data não superior a três meses e fotocópia emitida por um médico habititado
  • 2 fotografias idênticas, formato tessera, uma delas autenticada
  • carta de motorista estrangeira original válida e fotocópia completa frente e verso
  • documento de identificação original e fotocópia
  • códice fiscale (CPF italiano) original e fotocópia

Se a licença expirou, sempre é possível enviar o pedido de conversão, é claro, anexando o atestado médico e sabendo que pode ser necessário verificar a titularidade da carta e que não está sujeito a sanções (ou seja, não estão suspensas ou retida ou revogada).

Se tiver passado três anos desde a validade da carta, geralmente é submetido a um procedimento de revisão da carta.

Não é possível renovar ou converter cartas de motoristas da União Européia emitidas após a conversão, se o documento original tiver sido emitido por um país não pertencente à UE com o qual não há condições de reciprocidade previstas no art. 136 del Codice della Strada.

Acesse CNH para brasileiros residentes por menos de 1 ano na Itália para saber o como solicitar o seu PID.

CNH PARA BRASILEIROS RESIDENTES POR MENOS DE 1 ANO NA ITÁLIA

Arrivederci !

Deixe seu Comentário ou Pergunta: